Bienal, por que ir?

E aí galera, beleza?
Sei que desapareci, mas ser universitária cheia de projetos, que
trabalha e com vida social não é nada fácil, mas agora voltei e com novidades
em breve…
Hoje estou aqui para falar de um evento que ocorre em boa parte do
país a cada dois anos: a Bienal
Internacional do Livro
 e que
estará rolando até esse final de semana (13/09) aqui no Rio, por isso se estiver na cidade CORRE QUE DÁ TEMPO! No ano
passado fui a São Paulo bem na época que acontecia a Bienal de lá, logo, farei
uma comparação do meu ponto de vista sobre cada uma. Ambas possuem um
ponto em comum: programação, excelente nas duas e com autores consagrados
nacional e internacionalmente, já os pontos positivos e negativos são bem
opostos
 .
23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo


Local: Pavilhão de Exposições do
Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana, São Paulo – SP.
Horário: Segunda à
sexta-feira, das 9h às 22h (com entrada até às 21h).                  
 Sábados e domingos, das 10h às 22h (com entrada até
às 21h).
               Dia 31 de Agosto, das 10h às 21h (com entrada até às 19h).
Duração: 22 a 31 de Agosto de 2014.
ÓTIMA localização: próximo ao Terminal Tietê com
acessos a ônibus, metrô, táxi e conexões com os aeroportos de Congonhas e
Guarulhos, ou seja, super acessível e fácil de chegar.

– Organização: realizada em um amplo pavilhão que não
comportou o grande público e as atividades realizadas, corredores estreitos e
abarrotados de pessoas procurando livros ou/e em filas de autógrafos e
lançamentos. Se ocorrer no mesmo local ano que vem e você quiser ir, vá com
MUITA paciência. 

Papo de garota com Thalita Rebouças e Luly Trigo, Bienal SP 2014

17ª Bienal Internacional do Livro Rio



Local: Riocentro – Av. Salvador Allende, 6.555 – Barra da Tijuca,
Rio de Janeiro – RJ.
Horário: 3 de Setembro, das 13h às 23h 
               7 de Setembro (feriado),
das 10h às 22h
               Durante a semana, das 9h às 22h
               Fins
de semana, das 10h às 22h
Duração: 3 a 13 de Setembro
+ Organização: o evento utiliza 3 dos 5 pavilhões
do centro de convenções, com isso há uma melhor distribuição dos espaços
para stands das editoras, praça de alimentação, tarde de autógrafos,
lançamentos, cafés literários, etc, deixando os corredores livres para a
circulação das pessoas. 
– Localização: pra quem é do Rio ou já veio
aqui sabe que costumamos ‘brincar’ dizendo que a Barra é um feudo e poderia ser
considerada como a “Miami carioca”  de tão longe que é, ou seja,
de onde você vier encontrará dificuldade para chegar, seja no número de
transportes a serem utilizados ou no trânsito próximo ao Riocentro, que está um
caos devido as obras para as Olimpíadas Rio 2016. Vale a pena ir? Vale, mas vá
com MUITA paciência também.

E o preço dos livros, tá
valendo a pena comprar? Depende de cada um, porque se você é uma pessoa  L-O-U-C-A por livros tipo eu e a Mor, que estamos sempre ligadas nos preços de
sites e livrarias, dê uma pesquisada nos stands porque há chances de comprar
alguns. Agora se você é do tipo que só compra em Bienal, vale a pena já que os
livros estão mais baratos na Bienal do Rio e de repente ainda consiga
algum autografado, caso o autor já tenha passado por lá no dia, além de ter stands bem baratinhos no Pavilhão Verde e descontos em cima do valor do ingresso; em São Paulo
muitas editoras diziam que estavam em promoção, mas procurando em sites como Submarino, Amazon e Saraiva encontrava-se livros BEM mais baratos.
E vocês devem estar se perguntando: “Por que vou querer ir a Bienal?”. Gente, lá podemos descobrir outro mundo imergindo no universo da fantasia e criatividade, através da leitura e até mesmo nos cosplayers dos personagens das histórias de nossa infância. Imagina você andando por lá e passa  Ziraldo, pai do “Menino Maluquinho”, ao seu lado ou Maurício de Souza, pai da “Turma da Mônica”, homenageado da Bienal Rio desse ano? É muito legal, além é claro de poder participar de bate-papos com grandes escritores, pegar o autógrafo do seu autor favorito e quem sabe até conhecer/descobrir algum outro. Tem atividades, livros, revistas, HQ’s, mangás para TODAS as idades e de diversos gêneros literários e se você for pai/mãe leve seu filho o quanto antes, pois assim ele começará a ter gosto pela literatura. Portanto, motivos não faltam pra vocês irem a uma Bienal, seja a do Rio, São Paulo ou a do estado de vocês!
Espero que tenham gostado e se alguém for a Bienal depois desse
post me marca lá no Instagram com #BienalComAC.
Twitter: @NinaSilva25
Até a próxima! 
Beijos e abraços, 

*Todas as fotos desse post são de autoria de Ana Carolina Silva, ao reproduzir, copiar, distribuir as imagens ou textos atribuam os créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *